terça-feira, 6 de abril de 2010


domingo, 4 de abril de 2010

Quanto mais inovador mais sedutor se torna

Desejo algo que não é tão simples, é algo diferente do que desejei...

Sinto que meu instinto maléfico está voltando, sinto a maldade e o fascínio correndo docemente em minhas veias, consumindo novamente meu intimo.

Mas que desejo insano é esse que me envolve?...Talvez seja algo que esta nascendo, ou isso estava comigo e só agora veio despertar.

Eu posso até estar errada mas, nos tempos antigos isso era escondido mas comum e encarado de um jeito mais aberto de ambos os lados, mesmo com todo o preconceito, que ainda existe.

Acontece naturalmente, e muitas vezes poucos ficam sabendo, algúns desconfiam e muitos nem se dão conta. Até porquer é normal que cada um tenha um defeito, eu não sou a única.

Sempre fui obrigada a pensar que quase tudo nesse mundo é errado e feio, mas quando agente tem uma opnião diferente é difícil mudar e esconder pelo resto da vida.

Eu amo a pessoa que esta ao meu lado, não quero perdê-lo por nada, lutei muito pra conseguir o que tenho hoje. Querendo ou não eu tenho que reconhecer quem eu sou, E É AÍ QUE MORA O PROBLEMA...quem eu sou? Ja não sei mais...Vejo o mundo e as pessoas como se eu fosse 2 ...!!!

"Não consigo esconder minha atenção e tensão quando vejo os corpos suados. Você é quem se destaca em meio a tanta sedução

quarta-feira, 17 de março de 2010

Desventuras em série

Eu normalmente sou uma pessoa muito saudável, raramente eu fico doente quando uma epidemia de virose por exemplo (por conta dessa saúde não posso por piercing por que meu corpo rejeita, e meu sangue coagula muito rápido). Mas as vezes eu sinto que alguém ou alguma coisa nesse mundo não gosta de mim, por que quando finalmente fico doente tudo de ruim acontece de uma vez só.
Semana passada fiquei gripada e sabia que era só o começo de uma série se acontecimentos:
(que minha mãe não ache esse blog)...no domingo passado eu fui para uma festa e bebi muito, além de ter aguçado minha gastrite, levei uma queda que minha costela dói até hoje depois de uma semana que caí. Só pra completar briguei com minha mãe e com uma cólica daquelas.
Tomara que essa onda de azar embora antes da minha prova da UFAL....
( com medo de ter quebrado a costela e ter que fazer algum tipo de cirurgia)....:'(

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Tédio =/

Dias ruins...dias de tédio

ultimamente...
sentindo falta de coisas que nunca tive....coisas que nunca vou ter
sensações estranhas de perda, assuntos inacabados, saudades..mas de quê?
talvez eu não queira assumir que sinto falta de pessoas que me afastei, mas sinto falta da pessoa que essa pessoa foi antes de se tornar responsável e mãe. Nunca vou ter a vida que ela teve os amigos q ela teve, pra começo de conversa, nunca vivi nem a metade das alegrias que ela viveu.
Dias estranhos me cercam mais que nunca, sinto falta das amizades que comecei a ter, e que hoje se desfaz.
Ano bom que não vai voltar, festas e mais festas, surpresas, gente nova, amores, alegrias...tudo isso agora só é lembrança.
Meus dias estão cada vez mais rotineiros, virei dona de casa e com dois filhos (irmãos) pra cuidar. Nenhuma surpresa, (coisa que passei o ano todo esperando) mas quando se espera não é surpresa.
Ta tudo confuso sem nenhuma expressão em meu rosto
só a de tédio...=/


quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Necessito expor este desejo

Boca lasciva sussurrando
metáforas in (can) descentes
dimensão real esquecida
no tempo da luxúria intensa
quero prendê-la com atos,
palavras eloquentes e beijos desenfreados.

Anseio suprimir barreiras implícitas
invadir seus poros e amar com fúria
vulcânica e explosiva.

Necessito expor este desejo
incontrolável a ira de teu corpo
dor e prazer entrelaçados,alucinantes.

Amor, cansaço e paixão esgotados
sublime paz circunstancial
suor salgado em dois corpos arrebatados.